wNADA A DECLARAR...
A vida de Luiz Claudio nas noites de SP, tah meu bem !!! Desabafos, basfond, loucurinhas e diversao descontrol...


wArchives:


-- HOME --



This page is powered by Blogger. Why isn't yours?


OYM Group


PHOTOS :

by Lorack
(TRASH 80's)
(AUTOBAHN)
Fotolog

PEOPLE & ARTS :

Ana Luiza
Alisson Gothz (New!)
Daniela
Dri Spaca
DJ Frango
Debbie Wonderfull
Edu Negao
Evil Girl
Lenore (New!)
Larinha
Magiozal
Rico Suave
Renatinha (New!)
Zeezo
Wander Yukio

Nao entendeu algumas palavras? Clica aqui.



RECOMENDO :

wquinta-feira, abril 17


: : : FERIADO PROLONGADO : : :




Até que fim vamos sair um pouco da *Caos City* e pegar uma praia ! Quer dizer se não tiver nenhuma frente fria... e sem eguinha pocotó do meu cu !!! Estou levando meus CD's contra este tipo de ruído sonoro...

Nós vemos na terça ok ?



posted by Claudio


wquarta-feira, abril 16


: : : HOJE FAZ 01 MÊS... : : :


by Ana my love...


by Ju Addio



Hoje é um dia muito FELIZ pra mim ou pra nós não é mesmo ?!?!?! Eu já a conhecia antes na Trash 80's e que tem formado muitos casais diga-se de passagem, mas só fomos perceber quando todo mundo pergutou se era namoro ou amizade !

A CADA DIA QUE PASSA, TE AMO MUITO MAIS, MINHA LINDA !!!
Tonny pode tocar a sequência mágica: Fábio Jr - Duas Laranjas e Love is in the Air...



posted by Claudio


wterça-feira, abril 15


HITS DO AGRESTE



Quem vai para Recife logo imagina que irá encontrar muito forró,suor e frevo. Mas o ritmo que impera na Veneza brasileira é o ''BREGA''.Originário do Pará, O brega é uma mistura de forró romântico com deboche que dá um resultado de música estranha com nada a ver com nada.

A banda Calypso da cidade de Belém é o sucesso e conta com 3 cd's no mercado fonográfico do brega music. As músicas mais tocadas são Cavalo Manco, Dudú e Loirinha.


Cuenda a banda Calypso em ação

Outros ''cantores'' e bandas se arriscam e fazem singles que também são top hits nas nas rádios, camelôs e afins. Segue abaixo uma pequena lista das mais tocadas.



TOP SONG BREGA :

Amor de rapariga
Dominado por mulher
Bebe Negão
Melô do ropinol
Melô do DNA



Para quem quiser ouvir e conhecer a banda Calypso, eles farão show no Tropical Dance e no Patativa. Não percam






posted by Luis


w


: : : PROPAGANDA & MARKETING : : :





Estava eu no cofee-break da empresa naquela reunião chata, quando me deparei com esta lata de guaraná e pensei: PQP os caras de marketing leram minha mente !

Isto já veio a minha cabeça, mas ainda não sei se tenho coragem... Seria lavagem cerebral ? Me lembro que a Coca-cola foi processada uma vez por colocar o logo dela em um comercial de 30 frames por segundo, para mexer no sub-consciente. É Marketing agressivo é o futuro...



posted by Claudio


wsegunda-feira, abril 14


: : : MÚSICA DA SEMANA : : :




Tenho ouvido bastante esses CD's... esta nova fase do Human League é surpreendente e bem carregado de synthpop. Este CD do Yazoo com Vince Clarke (ex-Depeche Mode) agora Erasure...

The Smiths - Singles, todo mundo conhece, mas acabei comprando essa coleção de singles por apenas R$ 9,90 na Americanas acho que marcaram o preço errado, o que eu posso fazer ?



posted by Claudio


w


: : : LEMBRA DA MENINA VENENO ? : : :

Com hits bregas e clima de Carnaval, festa dos anos 80 lota bar no centro

by Marcella Centofanti


Os DJs Tonyy e Eneas na pista da Trash 80's:400 pessoas todo sábado




Tinha tudo para ser um mico. Uma festa num bar no centro da cidade em que, durante a noite inteirinha, só se ouve música cafona dos anos 80. Estamos falando de canções de Sidney Magal, Trem da Alegria, Ritchie, Rosana e Dominó – só para citar alguns. Mas, contra todas as previsões, a Trash 80's, que completa um ano no mês que vem, tornou-se um sucesso cult da noite paulistana. Todo sábado, cerca de 400 pessoas disputam um lugar na apertada pista de dança. É raro não haver fila. Há duas semanas, as portas tiveram de ser fechadas porque a casa lotou sua capacidade. Não é por acaso. Além do estilo musical ímpar, a Trash (lixo, em inglês) tem um clima especial, uma mistura de festa infantil com Carnaval. Há quem brinque de trenzinho e circule com bexigas, apitos e chapéus de aniversário. "As pessoas escutam músicas de sua infância ou adolescência e adoram", diz o DJ Eneas Neto.

A balada foi criada por ele e por seu amigo Antonio Luis Mota Moreira, o DJ Tonyy, sem grandes pretensões. Eles alugaram o bar do Hotel Cambridge, no Vale do Anhangabaú, e convidaram uns amigos para ouvir hits bizarros dos anos 80. A brincadeira deveria durar apenas um mês, mas agradou tanto que não parou mais. No fim do ano passado, o Cambridge ficou pequeno e o evento foi transferido para um espaço maior. Em fevereiro, mudou-se novamente, dessa vez para o bar Caravaggio. O novo endereço não possui o atrativo decadente do hotel. Ainda assim, o público cresceu. "Não imaginávamos esse sucesso todo", diz Tonyy. Os cerca de 300 habitués da festa criaram uma espécie de comunidade. São chamados de "trashers". Ou, no dicionário dos próprios, pessoas que têm fascínio por ícones bregas, memória de elefante para se lembrar de detalhes excêntricos sobre desenhos dos anos 80 e horror às baladas da Vila Olímpia.






posted by Claudio